Deus é fiel para cumprir e fazer cumprir sua palavra

quarta-feira, 21 de março de 2012


CASO DO APOSTOLO VALDEMIRO (IMPD)
Hoje, depois de uma manhã extressante de trabalho, parei um pouco para meditar nos acontecimentos dos últimos dias, me choco cada vez mais com as tribulações que vem se levantando no meio Gospel e a quantidade de homens que a princípio são considerados exemplo e espelho para muitos que estão envolvidos em escandalos; infelizmente algumas atitudes não conseguem ficar isoladas, as pessoas não conseguem entender que cada um dará conta de si mesmo e generalizam tal atitude culpando muitas vezes a Instituição inteira ou todo um grupo por causa da ação de um único homem, é decepcionante saber que nós evangélicos estamos envolvidos em casos como o do Apostolo Valdemiro, tenho fé e acredito que há ainda em meio a esse colapso protestante alguns que realmente queiram fazer a diferença no reino de Deus, não se vendendo para as luxurias deste mundo nem se prostituindo com os deuses daqui, não que eu seja contra a riqueza ela pode existir inclusive no caso do Pastor Valdemiro, todavia, nós como cristãos confessos da fé verdadeira em Cristo e praticantes da verdade devemos muito mais do que os políticos manter nossa transparência e honestidade em todos os fatos, se gastamos com nós não ha nada na bíblia que condene isso "todo trabalhador é digno de seu salário" todos nós protestantes conhecemos isso e também sabemos que os levitas de Deus viviam exclusivamente das ofertas e dízimos dado pelo povo de Israel, mas é direito de todos saberem como este dinheiro está sendo gasto a fim de não deixar brechas para o inimigo atuar, se tiver que falar alguma coisa sobre o caso do Apostolo Valdemiro no meio Gospel cuidem para não cometerem erros, não condeno sua luxuria mas o fato de tê-la ocultado dos fiéis, mais grave é o fato de deixar aluguéis pendentes de igrejas..., pendentes a ponto de gerar despejo, isso sim é algo em que não podemos estar envolvidos, e quanto ao ser pego com armas? A desculpa não colou, pastor com armas... é um tanto estranho não acham?
No momento, só me entristeço por que sei que quando sair pelas ruas para evangelizar será mais um caso entre tantos que me dificultará na pregação do evangelho, orem a Deus para que evangelistas, pastores, pregadores e outros tantos homens fiéis a Deus tenham dicernimento de Espírito para sair desta ministrando a Palavra com sabedoria e se preocupando com o que é mais importante do que qualquer milagre ou fortuna que possa existir... Ganhar almas para Cristo Jesus o Rei; este sim merece toda nossa atenção.
Postado por: Edison Iedo Cacequi Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário