Deus é fiel para cumprir e fazer cumprir sua palavra

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Natal


 


O Natal...

Esta celebração tem sido comemorada já muito antes do nascimento de Cristo.
Conhecida na antiguidade como uma festa pagã, era celebrada como a festa da luz, era comemorada próximo do fim do inverno, visto que o inverno era extremamente frio e com noites mais longas, se celebrava esta festa a fim de comemorar a chegada da nova estação onde teriam dias mais longos, a festa tem origem européia e normalmente sua celebração acontecia em uma das noites mais frias e longas do inverno.
Alguns povos como a Escandinávia celebravam esta festa no dia 21 de Dezembro. O solstício de Inverno, em reconhecimento ao retorno do sol, pais e filhos traziam grandes toras de madeira, que incendiavam, as pessoas comemoravam até o fogo se apagar o que chegava a durar 12 dias.
Os nórdicos que cada fagulha representava um novo porco ou gado que iria nascer durante o ano seguinte. O final de dezembro era a época perfeita para se celebrar em grande parte da Europa.
Na Alemanha as pessoas honravam o deus pagão Oden, durante o meio do inverno, os alemães tinham muito medo dele devido a crença de seus voos noturnos onde ele decidia quem iria prosperar e quais iriam perecer.
Já em Roma onde os invernos não eram tão rigorosos existia a Saturnália, em honra a Saturno, deus da Agricultura, começava na semana antes do Solstício de inverno e continuava por um mês.
Mas o natal que hoje conhecemos começa com suas origens no IV século DC com o então Papa Julius I, alguns estudiosos acrfeditam que a idéia do natal surgiu na tentativa de abolir as tradições pagãs do festival de Saturnália, e a data escolhida, não obstante, as Escrituras não revelarem o nascimento de Cristo foi o dia 25 de Dezembro.
Já a origem do tão conhecido Papai Noel vem de uma tradição um pouco mais recente, em 1822 um ministro Episcopal, Clemente Clarke Moore, escreveu um longo poema de Natal para suas três filhas intitulado "An Account of a Visit Fron St. Nicholas". Moore exitou em publicar o poema devido a sua natureza frivola mas é o responsável pela moderna imagem de Sata Claus, como um Elfo rechonchudo com habilidades sobrenaturais de subir por uma chaminé apenas levantando sua cabeça.
Mesmo que alguns elementos do poema de Moore tenham sido pegos de outras fontes, ele ajudou a popularizar a idéia de que santa Claus voa de casa em casa na véspera de Natal em um trenó puxado por oito renas voadoras, cujo nome ele criou e que entregava presentes para as crianças.
Somente em meados do século XIX é que os americanos começaram a comemorar o Natal, o reinventando de um carnaval para um dia centrado na família, na paz e na nostalgia.
Mas afinal, quem éra Santa Claus? Na busca de raizes históricas de Santa Claus, é preciso ir a fundo no passado para descobrir que Santa Claus é uma combinação de diversas lendas e criaturas mitológicas.
A base de Santa Claus cristão é o bispo Nicholas de Smyma (Izmir) onde, hoje atualmente encontra-se a Turquia, este viveu no século IV DC, quando o cristianismo estabelecia sua modernidade em Bizâncio e não em Roma, apesar de Coexistirem Papas e lideres Bizantinos, ele era muito rico e generoso, sempre dando presentes para as crianças. Tinha o hábito de jogar presentes para as crianças pobres pelas janelas de suas casas. (ver página sobre Nicolau neste Blog)
Enfim, falar sobre o natal inclui diversos assuntos e culturas sem fim, acredito que chegaremos a um longo trecho de nossas vidas ainda descobrindo coisas novas sobre esta data, o fato principal que deve ser lembrado é aquele que Cristo nos deixou em suas palavras e nas palavras do apóstolo Paulo (Luc. 22:19; 1 Cor. 11:23-26), Jesus nunca pediu para que os cristãos comemorassem o seu nascimento mas antes os advertiu para que celebrassem a sua morte como principal acontecimento na história.
Para os que comemoram o natal, lembro que não sou contra a comemoração mas lembrem:
As luzes representam celebrações de festas pagãs já de muitos séculos...
O papai Noel representa a imagem de São Nicolau...
A arvore de Natal o simbolo de resistência...
E nós como Cristãos como devemos reagir em relação a isso?
Pense e comente...